Qual é o valor da sua hora de trabalho? Quantas horas de trabalho são necessárias para comprar algo?

56 views

Qual é o valor da sua hora de trabalho? Sim, isso mesmo! Quanto você ganha por hora? Já fez esse cálculo? E quantas horas você precisa trabalhar para comprar algum produto, pagar o aluguel ou honrar as contas do mês? Já parou para refletir sobre tudo isso?

Quando uma pessoa trabalha, em troca dessas horas de dedicação, recebe um salário ou uma remuneração em troca disso. É com esse dinheiro que ela irá comprar os produtos ou serviços de que precisa para sua subsistência.

Partindo desta premissa, podemos perceber que o dinheiro é apenas um item intermediário e que, no final das contas, trocamos horas de trabalho pelos produtos e serviços que consumimos. Na essência, compramos as coisas com o nosso esforço, com as nossas horas de trabalho.

 

Um filme sobre trabalhar para receber tempo

Recentemente vi um filme muito interessante em que as pessoas trabalham por mais tempo de vida. Os ricos são imortais e os mais pobres trabalham por mais um dia de vida. Neste caso, tempo é realmente dinheiro!

Veja o trailler aqui:

 

Descubra o valor da sua hora de trabalho… Um exercício simples!

Você já tinha percebido isso, certo? Ótimo! Diante desta conclusão, proponho que você faça um exercício simples, seguindo os passos abaixo:

 

1 – Descubra o quanto você ganha por hora de trabalho

Para tanto, veja no seu contracheque (holerite) qual é o valor líquido do seu salário. Depois dívida este valor por 190, que é aproximadamente o número de horas trabalhadas no mês (44 horas semanais por 52 semanas no ano, divididas por 12 meses). Este é o valor de uma hora do seu trabalho! O quanto que você recebe por hora trabalhada.

 

2 – Descubra quantas horas você tem que trabalhar para honrar cada compromisso ou compra

O cálculo é bem simples! Basta pegar o valor do produto ou do serviço e dividir pelo valor de uma hora do seu trabalho (número que calculamos no passo acima). O resultado dessa conta será a quantidade de horas que você precisará trabalhar para pagar a conta em questão.

 

3 – Tire as suas conclusões…

Após o segundo passo, na hora em que estiver em vias de comprar qualquer coisa, questione-se: vale a pena trabalhar todas estas horas para ter este novo produto? Ele é realmente necessário e importante? Não poderia esperar um pouco mais?

Em um artigo recente que publiquei na Revista em Condomínios, revelei que muitas pessoas não fazem esta conta e não percebem que, às vezes, o esforço é tão grande que não compensa a compra.

 

O que vem a seguir? Planilha para Download!

Agora que você fez o exercício que propus, baixe a planilha que preparei para que você possa calcular isso tudo de modo mais eficiente e, com isso, possa ter sempre uma noção do esforço que será necessário para comprar o produto ou serviço que desejar.

Planilha para Download

Esta é uma forma palpável para se medir o esforço que temos que fazer para comprar algo e o mesmo raciocínio pode ser aplicado em diversas situações que envolvam finanças, consumo e pagamento de contas. Você pode descobrir quantas horas precisa trabalhar para pagar o seu aluguel, a gasolina do seu carro, empréstimos e financiamentos, a escola dos seus filhos, o lanche do final de semana, o restaurante, e muito mais…

É como concluí no artigo citado acima: faça as contas e verifique se o custo x benefício de uma nova compra ou serviço compensa. Em alguns casos, este custo pode exigir horas e horas extras de trabalho, em detrimento do seu descanso ou do tempo que poderia ser compartilhado com a família e amigos. Nesse caso, menos é mais!