Prorrogado o prazo para entrega da declaração de IR

230 views
novo prazo IR

[Atualizado] Aquilo que todos os contribuintes esperavam acabou acontecendo: foi prorrogado o prazo para a entrega da declaração de IR 2020! A data final era 30 de abril, mas agora passou para 30 de junho. Ganhamos 2 meses a mais para o envio da declaração para a Receita!

Além da mudança do prazo de envio, também foi revogada a obrigatoriedade de informar o recibo da última declaração 2019-2018 para quem teve rendimentos tributáveis de R$ 200 mil ou mais.

Mas, porque a Receita resolveu adiar?

 

Difícil acesso às informações

Muitas pessoas estavam impossibilitadas de conseguir suas informações. Pois, os postos de atendimento, tanto presenciais, quanto online, estão com o staff reduzido, muitos trabalhando só em Home Office. Desse modo, bancos, planos de saúde e outras instituições que devem enviar os Informes para o preenchimento da declaração, estão trabalhando em regime mais lento.

Muitos estão ainda num período de aprendizagem e com certeza com muitas solicitações. Não só de informações quanto à Declaração, mas também sobre adiamento de parcelas dos empréstimos, assunto de um artigo anterior daqui do site, recebimento dos R$ 600,00 pelo Governo dentre outras dúvidas.

Uma outra reclamação é que muita gente reuniu as informações e deixou no escritório, por exemplo, e agora está confinado em casa, sem acesso aos documentos.

 

Falta de ajuda para o preenchimento

Também têm pessoas alegando que precisam de ajuda para o preenchimento e algumas universidades tinham estudantes de contabilidade que se dispunham a ajudar no preenchimento. Isso não está sendo possível agora com o isolamento.

 

Falta de recursos para pagar o imposto devido

Um questionamento adicional era de como poderiam pagar o imposto devido se estão sem receitas ou com receitas reduzidas nesse período! Temos que lembrar que muita gente precisa fazer um acerto com o Leão na época da entrega da Declaração, uma vez que o imposto que pagou durante o ano foi menor do que o calculado na declaração (expliquei mais detalhadamente sobre isso em outro artigo do site também, leia aqui para saber mais).

 

Desta forma, como o prazo foi oficialmente prorrogado, a multa só será cobrada de quem entregar a declaração após essa nova data (30 de junho).

Mesmo com o adiamento do prazo da entrega da declaração de IR, as datas dos lotes de restituição serão mantidas, sendo o primeiro em 29 de maio. Veja aqui as demais datas.

Sendo assim, aproveite esse tempo adicional para reunir todas as suas informações e declarar tudo sem nenhuma omissão ou equívoco e evite cair na malha fina!

Aliás, quer saber como não cair na malha fina? Leia este artigo aqui que explico os 15 maiores erros no preenchimento da declaração de IR.