Planejamento Financeiro: é para todo mundo?

239 views

Sim, o planejamento financeiro é para todos! Todos deveriam
dedicar-se aos menos por algumas horas mensais a cuidar de seu dinheiro! Pena
que somente uma pequena parcela da população tenha consciência disso…

Para mim, está muito claro que o sucesso financeiro de uma
família passa muito mais capacidade de se planejar e de se organizar do que
pelo quanto ela ganha.

Depois de tantos anos trabalhando para ajudar as pessoas a
alcançar seus objetivos de vida, não tenho a menor sombra de dúvidas sobre a
capacidade de transformação do planejamento financeiro.

Já acompanhei inclusive muitos casos de pessoas endividadas,
em situações bastante complexas, que conseguiram mudar sua trajetória e hoje
usufruem de saúde financeira, mais equilíbrio e qualidade de vida.

De lá pra cá, foram muitas histórias de pessoas que temiam
chegar a uma idade mais avançada com uma aposentadoria insuficiente para manter
o padrão, mas que, conseguiram organizar suas finanças e, hoje estão caminhando
em direção a tão desejada independência financeira.

Mas não se engane…Não quero passar aqui uma sensação de
que é fácil ser próspero financeiramente (não
acredite nesse tipo de promessa: clique aqui para ler um texto sobre ciladas
).
Muito longe disso, esse sucesso depende de paciência e dedicação.

E digo mais… Como os resultados dos juros sobre juros não
aparecem no curto prazo, muita gente acaba se rendendo aos prazeres imediatos
que o consumismo é capaz de proporcionar.

Como revelei em um texto recente que escrevi para a Revista
em Condomínios (clique
aqui para acessar
), muitos têm preguiça de organizar suas finanças e acabam
deixando o dinheiro para escanteio. A boa notícia é que, antes tarde do que
nunca! Sempre há tempo para mudar o rumo das coisas!

Quanto mais cedo uma pessoa compreende que precisa cuidar do
dinheiro que ganha, que precisa controlar as suas finanças, que precisa se
planejar para alcançar objetivos maiores na vida e que precisa cultivar bons
hábitos, mais chances de sucesso ela passa a ter.

É como a analogia que fiz no artigo da revista: “Complicado?
Não. Não é! É como aprender a dirigir… No começo, parece impossível. Tantos
comandos, pedais, setas, luzes, tudo ao mesmo tempo… Mas com o passar dos anos,
vamos ficando mais confiantes e tudo vai se encaixando. Assim também acontece
com as finanças. É só começar e depois que desenferrujar, vai que é uma beleza.
Pode confiar!”

E então? Que tal começar seu planejamento financeiro?