Não deixe o dinheiro extra virar pó

539 views
Não deixe seu dinheiro virar pó
Não deixe seu dinheiro virar pó

A matéria de hoje do Valor Econômico “Não deixe o dinheiro extra virar pó”, que contou com a minha colaboração, procurou mostrar que é importante ficar atento à melhor maneira de utilizar o dinheiro extra de final de ano.

Antes de mais nada, para quem está endividado, o melhor é quitar os débitos em atraso. Também vale lembrar que as contas de início de ano costumam ser altas, então é fundamental se programar e separar um valor para pagá-las.

Com o que sobrar, é possível aplicar em um PGBL para poder usufruir do benefício fiscal. Para isto, pode-se aplicar até 12% da renda bruta tributável na previdência. Este valor vai ser deduzido da base de cálculo do imposto, assim como as outras despesas dedútíveis de escola e médicos e, assim, o imposto a pagar será menor.

Porém, vale ficar atento também às novas regras para a tributação da PLR, que não entram mais no cálculo da renda bruta tributável para o aporte dos 12% em PGBL. Desde o início de 2013 estas regras mudaram e agora a PLR tem uma tabela de tributação própria, que é definitiva.

Veja aqui a reportagem na íntegra: