Leticia Camargo

Planejamento financeiro: 8ª Semana Nacional de Educação Financeira!

Essa semana, participei da 8ª Semana Nacional de Educação Financeira, em uma palestra gratuita e online. Aliás, tive a honra de participar como voluntária de todas as edições desde o início da existência desse evento!

A live contou com a minha participação e a da Planejadora Teresa Lustosa, como palestrantes, e da Planejadora Maria Izabel Montenegro, como mediadora. Falamos sobre muitos assuntos que permeiam o planejamento financeiro.

Assista a íntegra a seguir ou, se preferir, leia o resumo logo abaixo do vídeo.

 

Os 4 passos do planejamento financeiro

Afinal, o que nos separa dos nossos sonhos e objetivos? A resposta é: planejamento. E esse planejamento começa com uma primeira tarefa: entender qual é o objetivo, qual é o sonho. Pode ser uma casa, algo relacionado aos estudos, tirar a carteira de motorista, viajar…

Na sequência, já com o objetivo bem definido, precisamos quantificar esse sonho. A pergunta central aqui é: quanto será necessário para atingir esse sonho? Precisamos compreender melhor a quantidade de recursos necessários para chegar lá.

Ainda há uma questão crucial a ser respondida: qual é o prazo para isso? Em outras palavras, em quanto tempo você pretende alcançar o sonho?

Por fim, já com valores e prazos definidos, falta conectar os pontos e criar o mapa a ser trilhado para se chegar aonde deseja. A pergunta aqui é: como? Como você pretende obter os recursos necessários para a realização do sonho no prazo previsto?

Esses 4 passos, em forma de pergunta, resumem o planejamento para se alcançar qualquer coisa na vida:

 

Qual a diferença entre sucesso e status?

Outro tema tratado na palestra da Semana ENEF foi a diferença entre sucesso e status… O status é como os outros veem a gente, e o sucesso é como a gente se sente em relação aos nossos objetivos de vida.

Muitos compram um tênis, uma roupa nova, um carro para agradar aos outros, ou para mostrar aos outros que têm dinheiro. Esse é um equívoco comum, mas a verdadeira riqueza não está naquilo que mostramos para os outros, mas naquilo que somos capazes de guardar e naquilo que conseguimos direcionar para o nosso crescimento pessoal e profissional.

O ideal é direcionar nossos recursos para aquilo que é realmente importante para as nossas vidas e não para a vida dos outros! Viver de aparências fomenta uma vida de ilusões. Isso costuma terminar em muita frustração por não alcançar os objetivos de vida ou até em dívidas.

 

Como utilizar o planejamento financeiro para evitar o endividamento?

Como não poderia deixar de ser, na nossa palestra online da Semana ENEF, também tratamos sobre as dívidas… Nesse sentido, cravamos um passo a passo para se livrar delas…

O primeiro passo é anotar as receitas e despesas. Tentar fazer tudo de cabeça nem sempre é suficiente, pois acabamos nos enganando com as contas. Costumamos arredondar os ganhos para cima e as despesas para baixo.

É importante também entender quais são os ralos que levam o dinheiro embora, e encontrar novas maneiras de fazer as mesmas coisas com menos recursos.

Gosto de fazer o exercício de anualizar os gastos, considerar aquele gasto diário vezes 365 (que são os dias do ano). Com esse simples exercício, a pessoa se surpreende com o tamanho que fica esse gasto em um ano.

 

Renda Extra

Na palestra, comentei que uma boa estratégia é utilizar o dinheiro do salário do dia a dia nas despesas diárias e guardar a grana extra para a realização dos sonhos. Bons exemplos disso são os bônus, os trabalhos freelas etc.

 

Outros horizontes do planejamento financeiro

É importante frisar que o planejamento financeiro deve ir muito além do bom e velho controle de receitas e despesas, ou investimentos. Um bom exemplo disso está na atenção que deve ser dada aos riscos.

Um bom exemplo disso está em ter um bom plano de saúde, que é importante para cuidar e preservar a saúde física, já que temos que cuidar das 3 “saúdes”: a física, a mental e a financeira.

Outro bom exemplo está na contratação de seguro de vida. O próprio pagamento do INSS também é importante, pois ele também é um seguro e vai muito além da aposentadoria. Ainda sobre o INSS, basta lembrar que ele engloba o seguro maternidade, a aposentadoria por invalidez e a pensão para o cônjuge e/ou filhos pequenos.

 

O dinheiro como tabu

Na palestra, falei também da importância de deixarmos de ver o dinheiro como tabu e começarmos a conversar sobre dinheiro logo que iniciamos um namoro. Pois, muitas vezes um relacionamento termina por causa de dinheiro ou de dificuldades de os companheiros conseguirem lidar com os recursos da família.

 

O planejador financeiro como a consciência financeira

Outro tema abordado na live foi sobre a diferença que um planejador financeiro pode provocar na vida de uma pessoa.

O planejador financeiro pode ser como o “grilo falante” do Pinóquio, a sua consciência. Ele pode ajudar a pessoa a voltar para o rumo quando ela dá uma escorregada. Inclusive, já escrevi um outro artigo sobre esse assunto: Planejador Financeiro: como ele ajuda a despertar a sua consciência

Uma história interessante foi quando uma cliente me mandou uma mensagem com letras garrafais dizendo que eu a estava aterrorizando. Liguei imediatamente para saber o que tinha acontecido e ela me disse que estava no balcão de uma loja com várias roupas na mão e deixou tudo lá no caixa e foi embora, pois ela se lembrou de mim.

 

A importância de uma reserva financeira

Agora, na pandemia, isso ficou muito claro. Quem tinha alguma reserva de emergências passou pela tempestade de uma forma mais leve.

Quantas oportunidades podemos perder, ou dificuldades podemos passar por não ter uma reserva de emergências?

Gosto sempre de dar o exemplo de uma pessoa que ganha uma bolsa de estudos no exterior, mas não tem recursos para viajar até lá ou para se sustentar durante o curso!

 

O planejamento financeiro transforma a vida das pessoas

Essa é a frase que está desenhada na minha parede, e realmente acredito e vivo isso diariamente com a minha profissão. Então, seja protagonista das suas finanças!

Exit mobile version