Vale a pena ter conta-corrente de um banco e cartão de crédito de outro?

188 views

Esta é uma pergunta que muitas pessoas se fazem, mas a resposta está longe de ser simples, tudo depende de uma série de variáveis…

Para que você possa tirar as suas próprias conclusões, considerando o seu caso e o seu perfil de cliente, listei as principais questões a serem consideradas. Vamos lá…

 

Fator # 01: Relacionamento com o seu banco

Listei a seguir algumas perguntas que fazem toda a diferença nos benefícios que você poderá ter junto ao seu banco, caso opte por ter um cartão de crédito do mesmo estabelecimento.

 

Como é o seu relacionamento com o banco? Você usa os serviços oferecidos? Tem o costume de contratar serviços extras?

Quanto melhor for o seu relacionamento, maiores benefícios você tenderá a ter junto ao seu banco e isso se estende ao cartão de crédito.

Se você contrata mais serviços e os usa efetivamente, mais chances de conseguir descontos em taxas você terá. Do mesmo modo, você também terá maior propensão a ter crédito facilitado e com menores taxas de juros.

 

A sua conta-corrente tem um bom movimento financeiro?

Contas com maior movimento geram mais interesse aos bancos, ou seja, aqueles correntistas com maior movimentação financeira e mais investimentos em um determinado banco, tendem a ter mais benefícios do que aqueles correntistas que somente usam suas contas para pagar meia dúzia de boletos e receber o salário.

 

Você tem usado regularmente o cartão de crédito do seu banco? Você paga as faturas do cartão em dia?

O uso mais frequente do cartão também pode influenciar nos benefícios alcançados, do mesmo modo que pagar a fatura em dia. Quando você paga as contas em dia, está dando um sinal de saúde financeira ao banco, que entende o recado e costuma responder com reciprocidade: maiores limites de crédito, menores taxas e juros mais suaves.

 

Fator # 02: Concorrência e propostas de outros bancos

No entanto, a concorrência está de olho! Não são raros os casos de bancos que entram em contato com os clientes dos concorrentes oferecendo seus cartões de crédito com largas vantagens em relação ao que a pessoa já possui.

Esta é uma estratégia interessante para os bancos, porque eles querem conquistar novos clientes e, oferecer um cartão de crédito com melhores vantagens é um excelente cartão de visita para iniciar este relacionamento.

É interessante ouvir atentamente a proposta e pensar no que está sendo oferecido. Não é incomum encontrar mais vantagens do que se vê no seu banco atual.

Porém, essas vantagens podem ser negociadas com o seu próprio banco. Deixe que eles saibam que o concorrente esteve lhe procurando e use este argumento para conseguir melhores condições. Se você for um bom cliente, pode ser que consiga até mais do que esperava, afinal, o seu banco não quer ver bons clientes migrando para a concorrência.

No entanto, se as vantagens do concorrente não forem superadas, não deixe de aproveitar a oportunidade, sobretudo se ele vier sem custos. A desvantagem aqui é somente o fato de não poder usar a conta-corrente atrelada ao cartão de crédito, que é algo que traz algumas facilidades, como débito automático, por exemplo.

 

Fator # 03: Considere os programas de fidelidade

Não se esqueça de levar em consideração os programas de fidelidade oferecidos pelos cartões que você está analisando…

Eu sei que muita gente não se atenta para esses programas, mas eles podem fazer uma mega diferença, propiciando a compra de passagens aéreas, em produtos de lojas virtuais e até desconto no cinema. Eu, por exemplo, sempre procuro comprar minhas passagens internacionais com milhas, o que ameniza bem o custo da viagem!

Pense bem: se você tem o benefício, não o desperdice! Leve-o em consideração!

 

Por fim, gostaria de lhe convidar a ler o artigo que publiquei esta semana na Revista Época Negócios sobre esse tema. A leitura é super recomendada e serve para reforçar os pontos que listei aqui, além de trazer algumas informações complementares, como as fintechs e o cadastro positivo. Vale a pena conferir! Clique aqui para acessar, ou clique no botão abaixo:

Finanças Pessoais