Títulos privados pela Internet: cabe a investidor ficar atento ao risco.

41 views
Títulos privados pela Internet cabe a investidor ficar atento ao risco
Títulos privados pela Internet cabe a investidor ficar atento ao risco

Matéria do Valor Econômico de hoje mostra que cada vez mais aumenta a oferta de títulos privados pelas corretoras, e agora até pela internet.

Agora com as taxas de juros em patamares mais baixos, os investidores estão mais atentos às outras possibilidades além da poupança para diversificar sua carteira. Em busca de melhores rentabilidades, estão mais aptos a aplicar em títulos de crédito privado.

Fui entrevistada pela Luciana Seabra e mostrei minha preocupação nestas ofertas de títulos privados para o varejo, pois acredito que nem todos os investidores tenham noção do risco de crédito a que estão correndo ao aplicar nestes papéis. O risco de crédito é a possibilidade de perda quando o emissor do título quebrar e não tiver meios para devolver os recursos.

Perigo

É verdade que alguns destes títulos, como os CDBs, as LCIs e as LCAs, possuem a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC), com a cobertura de até R$ 250 mil caso o banco emissor sofra uma intervenção. E neste caso, é melhor que o investimento seja efetuado em valor menor do que este limite para que a sua rentabilidade também esteja coberta pela garantia. Porém, no caso de uma intervenção, os clientes podem demorar em média uns quatro meses para receber seu dinheiro de volta.

Recomendei também que os investidores procurem se programar para não precisar do dinheiro antes do vencimento destes papéis para não precisar vender seus títulos no mercado, pois podem não encontrar compradores, ou ter que vender os papéis por preços bem mais baixos do que gostariam.

Segue a reportagem na íntegra: