O poder do hábito em finanças: quanto custa?

443

Quanto custam as suas escolhas do dia a dia? Você já parou para pensar? Sabe dizer o quanto toda a sua família gasta anualmente com decisões impensadas ou por impulso?

A grande verdade é que muitas das coisas que fazemos, nem temos muita consciência, as fazemos por fazer! Sim, isso mesmo! Agimos no piloto automático, sem pensar… E é aí que moram as armadilhas do dia a dia, sobretudo quando o assunto são as nossas finanças.

No limite, toda vez em que gastamos nosso dinheiro em coisas que não são importantes, estamos nos distanciando de nossos objetivos, de nossos sonhos de vida!

Percebo que muitas pessoas gastam seu dinheiro de forma displicente, sem planejamento. Não dão valor à ele e não cuidam dele como deveriam.

Eu e os alunos de uma das turmas da FullWorks.

Desta reflexão, surgiu a ideia de calcular o impacto financeiro que pequenos hábitos exercem em nossas vidas. E neste último curso de Educação Financeira que ministrei na FullWorks, fizemos um debate em sala para que os alunos revelassem seus hábitos financeiros ruins, ou seja, onde estavam os seus ralos financeiros, por onde a grana estava indo embora sem que percebessem….

Com estes depoimentos, fizemos alguns cálculos para que fossem avaliados os impactos destas pequenas escolhas do dia a dia em suas finanças.

A surpresa foi enorme quando os alunos – a maioria de jovens aprendizes – perceberam como estavam gastando mal a sua grana. Tão difícil de ganhar, mas tão fácil de gastar….

 

Sobre o poder do hábito em finanças…

Antes de começarmos os cálculos e de conhecermos os valores financeiros por trás dessas escolhas do dia a dia, gostaria de lhe sugerir a leitura do artigo O Poder do Hábito em Finanças, que publiquei aqui no site há algum tempo.

Neste artigo, você terá a oportunidade de conhecer os mecanismos que fomentam o desenvolvimento de um hábito em nossas vidas e como esse hábito se retroalimenta. Com estas informações, será possível reformular a sua vida por meio de melhores hábitos financeiros para você e para todos que o cercam. Clique aqui para ler o artigo agora mesmo!

 

Quantificando o poder do hábito em finanças…

Quando falamos de hábitos, estamos considerando aquelas atitudes que repetimos inúmeras vezes, sem nem pensar muito sobre o que e porque as estamos fazendo.

Considerando um exemplo análogo ao que fizemos em sala de aula, imagine que você tenha o hábito de sair à noite com os amigos no final de semana (sexta, sábado e domingo) e que, em cada dias desses, consuma ao menos 1 porção de aperitivo e 3 long necks, por exemplo. Este simples hábito resultaria no consumo de 3 quitutes por semana e mais 9 garrafinhas de cerveja, considerando estes 3 dias. Vendo desta forma, nem parece muito, mas quando calculamos o que consumimos ao longo de um ano, aí sim, percebemos o tamanho do rombo no bolso…

Apenas para ilustrar, vamos imaginar que uma garrafa de cerveja esteja saindo a R$ 8,00 no barzinho, e que a porção de frango à passarinho custe R$ 30,00. Desta forma, o gasto do final de semana teria sido de R$ 162,00. Porém, ao multiplicarmos este valor por 52 semanas (que tem em um ano), teremos um gasto anual de R$ 8.424,00 no barzinho.

Talvez este exemplo não se enquadre em seu estilo de vida, pois você pode nem gostar de cerveja, mas serve bem para ilustrar os cálculos… Pense por outro lado que você sai para jantar e tomar um vinho duas vezes por semana. Quanto será este seu gasto anual?

Analise o seu dia a dia… Qual é o gasto que faz o seu dinheiro sumir? Quais são estes seus hábitos financeiros ruins?

Eu não sei com o que você gasta o seu dinheiro, quais são aquelas coisas que nem são muito importantes para você, mas que você acaba comprando…. Mas reflita e tente lembrar… Sempre encontramos um gasto aqui e outro ali que nem precisavam ter existido.

Gostaria de lhe propor esse desafio: que tal fazer a sua lista para descobrir o quanto tem gasto anualmente com as suas escolhas de vida e de consumo? Você vai se surpreender com o impacto que o poder do hábito pode exercer sobre as suas finanças!