Black Friday: dá para sair ileso?

85 views

Estamos no período da famigerada/tão esperada Black Friday! As pessoas costumam tomar decisões de compra pouco racionais nesta época do ano, seja por conta das muitas promoções deste período, seja pelas muitas campanhas de marketing que nos bombardeiam todos os dias.

Para levantar essas e outras questões sobre o assunto, participei de um PodCast super legal para a Geekonomics! Vale muito a pena conferir:

Além disso, escrevi um texto para o Blog We Fashion Trends: Como não sucumbir às tentações da Black Friday?

São dois veículos bem diferentes, mas as mensagens são as mesmas. Veja a seguir….

 

Black Friday: separando o joio do trigo!

Como dizia a descrição do PodCast, “a Black Friday é um verdadeiro pesadelo em termos de comportamento de consumo. Isso porque instiga nossos instintos mais primitivos e automáticos, deixando nosso cérebro refém de vantagens prometidas, que na verdade não passam de mais um tipo de pescaria de tolos para consumo inconsciente.”

Entretanto, nem tudo é tão ruim assim… Existem duas situações que podemos considerar:

Primeira Situação: compra por impulso, diante de um anúncio ou oferta! Basicamente, a pessoa nem havia se planejado ou se preparado para comprar aquele produto, mas se encantou, foi lá e comprou. Foi fisgada pelo marketing.

Segunda Situação: a pessoa está se planejando para comprar um determinado produto e já vem poupando e se preparando para comprá-lo. Aí vem a Black Friday e essa pessoa tira proveito dos bons preços deste período e faz a compra.

Na primeira situação, evite a compra! Na segunda situação, vá em frente e faça um excelente negócio!

Se você está no grupo das pessoas que se planejam mais para este período, ótimo! Mas preste atenção no que eu vou dizer: as armadilhas do marketing atingem até os mais preparados.

Digo isso porque o varejo tem especialistas em marketing estudando o nosso comportamento como consumidor e eles têm diversas estratégias para vender sempre um pouco mais, seja concedendo descontos, vendendo combos de produtos em oferta, dentre tantas outras táticas de venda que nos seduzem.

 

Black Friday: uma estratégia simples para não cair em tentação.

No PodCast, eu revelei que utilizo uma técnica simples para não cair em tentação, mesmo com tantas ofertas… Veja

  • Só frequento lojas quando realmente preciso de algo e sei o que quero comprar;
  • Sempre faço isso quando já tenho o dinheiro necessário para a compra em mãos, ou quando já pensei em uma estratégia financeira para pagá-lo sem comprometer meu orçamento ou planos para o futuro;
  • Vou à loja com uma lista do que quero comprar em mãos e me esforço para comprar somente aquilo que estava previsto.

Conheça mais detalhes sobre as estratégias de marketing que as lojas utilizam para nos fisgar e outras maneiras de não cair em tentação. Escute o PodCast! Vale a pena!

 

Black Friday: não posso comprar nada e agora?

Por fim, minha última sugestão e que escrevi no texto do We Fashion Trends é: “Se você não está podendo comprar nada, NÃO COMPRE! Simples assim!”

Se ainda não foi desta vez e você não tem o dinheiro e não se planejou para as compras, Black Friday tem todo ano e você pode começar a se planejar desde já para estar preparado no ano que vem!