As chaves para o sucesso financeiro: economizar, poupar e investir!

363

Economizar, poupar e investir são as chaves para o sucesso financeiro! Infelizmente, muitas vezes utilizamos estas 3 palavras como se fossem sinônimos, mas eu vou lhe mostrar que existem diferenças importantes entre elas…

 

Sucesso financeiro: Quando estamos economizando?

Quando uma pessoa economiza, ela está procurando pagar mais barato em um determinado item, que pode ser um produto ou serviço.

Esta pessoa pode economizar de diversas formas, seja pesquisando preços menores, procurando as melhores ofertas, renegociando os seus planos de internet ou telefonia, dentre outras coisas. Isso é economizar!

Porém, nem sempre um dinheiro economizado, vai ser poupado. Quer ver só? Um consumidor pode economizar em uma calça jeans, comprando-a na promoção, mas pode terminar gastando a diferença em uma blusa. Então, ele terá economizado na calça, mas não terá poupado esse dinheiro. Daí vem a necessidade de definirmos o que é poupar

 

Sucesso financeiro: Quando estamos poupando?

Quando alguém poupa, está guardando uma parte da sua renda. Basicamente, a pessoa deixa de gastar uma parte do dinheiro que recebeu. Em outras palavras, poupança é a capacidade de chegar ao final do mês com uma sobra de recursos. Gastar menos do que ganha!

Compreender o que é poupança é essencial, pois é ela que vai gerar o aumento de patrimônio de um indivíduo, fazendo com que melhore a sua qualidade de vida e que tenha uma aposentadoria mais tranquila.

Por mais incrível que possa parecer, é possível poupar até mesmo sem fazer muita economia… Imagine uma pessoa que gaste bastante e que não se preocupe com a questão de estar pagando caro por algo. Consegue visualizar? Esta pessoa pode ser uma poupadora mesmo com estes hábitos financeiros ruins, desde que ela consiga gastar menos do que ganha. É claro que se ela economizasse, a sua poupança poderia ser bem maior…

 

Sucesso financeiro: Quando estamos investindo?

Um poupador pode guardar seu dinheiro debaixo do colchão ou em um cofrinho, mas esses recursos não irão crescer e este indivíduo perderá seu poder de compra ao longo do tempo. Pois, como os preços das coisas tendem a subir (inflação), isso vai “comer” uma parte de seus recursos. Então, para se proteger e para remunerar o seu dinheiro, será preciso investí-lo!

Investir é colocar o dinheiro em aplicações financeiras que vão gerar uma rentabilidade para estes recursos. Outra opção é comprar um ativo ou um bem com a expectativa de aumento do seu valor, o que pode ocorrer, por exemplo, com a compra de um imóvel.

É importante procurar um investimento que gere uma taxa de retorno maior do que a inflação, pois desta forma, será possível aumentar o poder de compra da pessoa que está investindo. É bom lembrar que somente os juros reais, ou seja, aqueles acima da inflação, é que vão proporcionar esse aumento do poder de compra.

Ao investir, recebemos juros e eles são a recompensa pela nossa capacidade de economizar e poupar, ou seja, são o resultado da nossa disciplina.

O ideal é que as pessoas façam um esforço para economizar nas despesas do dia a dia. Dessa maneira, ficará mais fácil conseguir poupar algum dinheiro e investir estes recursos em aplicações para ter um bom retorno financeiro. Ao fazerem isso, terão como ótimos aliados os juros compostos – ou juros sobre juros-, que multiplicarão suas riquezas e permitirão que alcancem mais facilmente seus objetivos de vida.

Com isso tudo, o caminho para o sucesso financeiro pode ser resumido de uma forma bem simples: economize, poupe e invista seus recursos!

  • Alberto Tavares

    Bons esclarecimentos!

    É preciso ter clareza com os conceitos para então ser mais fácil colocá-los em prática.
    Continue o ótimo trabalho

    saudacoes
    Alberto
    educacaomaisinvesttimento.blogspot.com.br